Forum Bimby - Luisa Alexandra

Para TODOS os amantes da Bimby... o vibrador (robot) de cozinha mais pequeno do mundo
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Boa Tarde !! "Toxinas nos alimentos"
por Silene Aparecida Ter Ago 10, 2010 11:22 am

» Existem alimentos que podem ser consumidos podres
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 11:42 am

» INSETOS ENLATADOS
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 11:39 am

» Os segredos das panelas
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 11:29 am

» Cientistas anunciam feijão que não provoca gases
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 11:24 am

» Culinaria - Truques e dicas
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 11:20 am

» Polícia usará chocolate para combater violência
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 11:15 am

» Água da sanita mais limpa que gelo
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 11:14 am

» Existem alimentos afrodisíacos ?
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 9:26 am

» Factos e Mitos sobre alimentos
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 9:22 am

» Algumas dicas-cozinha
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 9:14 am

» Distúrbios Alimentares
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 8:53 am

» Os quatro piores hábitos alimentares. Como acabar com eles?
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 8:49 am

» Porque Amamos os Doces? Finalmente uma Explicação!
por Luisa Alexandra Ter Out 28, 2008 8:45 am

» ATENÇÃO!!!
por Luisa Alexandra Seg Out 27, 2008 5:46 pm

ATENÇÃO!!!
Seg Out 27, 2008 5:46 pm por Luisa Alexandra
O meu nome é Luísa Alexandra, responsável por este espaço.
Todas as fotografias deste Forum são da minha autoria e propriedade.
O mesmo se passa com as receitas, que contêm sempre notas pessoais.
As receitas e/ou fotos tiradas de outros blogs contém informação relativa à sua proveniência.
Por favor não copiar e nem usar as fotos sem a minha autorização.
Quem anseie vê-las …

Comentários: 0
Social bookmarking
Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de Bimby 4 All - Luisa Alexandra em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de Forum Bimby - Luisa Alexandra em seu site de social bookmarking
Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 16 em Sex Dez 05, 2008 5:44 pm
Palavras chave

Compartilhe | 
 

 Factos e Mitos sobre alimentos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Luisa Alexandra
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 26
Localização : Fátima
Humor : Depende do sexo ;-)
Data de inscrição : 27/10/2008

MensagemAssunto: Factos e Mitos sobre alimentos   Ter Out 28, 2008 9:20 am

Comer muitos alimentos ácidos, como as laranjas, provoca distúrbios no organismo - FALSO

É vulgar ouvirmos dizer que os alimentos ácidos, como as laranjas, os limões e afins, perturbam o organismo. O receio é que se dê um desequilíbrio no sangue, tornando-o, segundo estas mesmas teorias, “demasiado ácido”. Se isto acontecesse, constituiria realmente um grande perigo, uma vez que a mais pequena alteração no nível de alcalinidade do sangue, tem efeitos muito nefastos ao nível das nossas funções vitais. Felizmente podemos estar seguros... Ao dispor de vários sistemas “neutralizadores” — que incluem os rins e os pulmões —, o nosso corpo encarrega-se, na perfeição, de manter este equilíbrio, quaisquer que sejam os alimentos que ingiramos. Por isso, só nos resta aconselhar: não ponha as laranjas, nem qualquer alimento dito “ácido” de parte. Normalmente tratam-se de alimentos muito ricos em vitamina C que só tornam mais rica a nossa alimentação.

Em caso de febre não se deve comer - FALSO

Em caso de doença e febre, é vulgar a falta de apetite. No entanto, há sempre exemplos de pessoas a quem nem mesmo a doença retira a vontade de comer... Nestas situações há quem hesite: devo ou não devo comer quando estou com febre? O mais adequado é comer de acordo com o seu apetite. São recomendados alimentos ricos em proteínas, como o peixe, a carne e as leguminosas (grão, feijão, ervilhas), pois o stress causado pelo facto de se estar doente pode aumentar as necessidades deste nutrimento. Outros elementos específicos, necessários em caso de doença, são o zinco (presente em alimentos como o marisco, os amendoins e as carnes vermelhas), o ácido fólico (presente, por exemplo, nos brócolos e espinafres) e a pró-vitamina A (que existe em abundância nas cenouras, alperces e meloas). Estas vitaminas e minerais são essenciais para o equilíbrio do sistema imunitário. Mesmo que não tenha apetite, há algo que não deve esquecer: em caso de febre é muito importante a ingestão de líquidos, para repor as perdas de água do organismo associadas à transpiração e à febre.

O chá contém antioxidantes — VERDADEIRO

Nos últimos anos, o chá parece ter entrado na moda... E por que razão?
Porque o chá contém muitos flavonóides – um grupo de substâncias presentes nos chás preto e verde que tem propriedades antioxidantes muito fortes.

Os antioxidantes são substâncias que reagem contra os radicais livres – moléculas instáveis que podem causar danos às células – neutralizando-os e diminuindo os prejuízos que estes podem causar.
Algumas investigações, do início dos anos 90, demonstraram que os antioxidantes podem contribuir para a prevenção do cancro e das doenças cardiovasculares.

"Os espinafres são a melhor fonte de ferro" — FALSO

Os espinafres ganharam esta reputação provavelmente por serem um alimento rico em sais minerais - ferro e magnésio, sobretudo. No entanto, apenas 10% do ferro que ingerimos proveniente de fontes vegetais é absorvido pelo nosso organismo. Os restantes 90% não são assimilados pelo corpo, (apesar disto o ferro de origem vegetal também é importante do ponto de vista alimentar).

O ferro presente na carne - o chamado ferro do heme – é absorvido com mais eficácia pelo nosso corpo: cerca de 25 % do ferro é absorvido.

Há, contudo, uma forma de aumentar a absorção do ferro proveniente das fontes vegetais: acompanhá-las de alimentos ou bebidas ricos em vitamina C (por exemplo, pimentos, kiwis ou laranja).

Andar a pé diminui o risco de fracturas - VERDADEIRO

Como qualquer outro tipo de actividade física,
a marcha fortalece os músculos. Este é quase um dado adquirido, algo que se sente ao fim de algum tempo de caminhada. O que a maioria das pessoas não sabe é que caminhar a pé reforça também os ossos: quanto mais nos movimentamos, mais os ossos aumentam a sua resistência, tornando-se mais sólidos e, logo, mais saudáveis. A par de outros benefícios, andar a pé aumenta o fluxo sanguíneo para os músculos, mantém a flexibilidade das articulações e contribui para a prevenção de doenças como a osteoporose.
Todas as pessoas (incluindo as pessoas de mais idade, cujos ossos se encontram em situação mais frágil) devem praticar uma actividade física suave e prolongada, sem violência, mas com alguma regularidade. Ao contrário do que possa parecer, ficar em casa sem se mexer aumenta muito mais o risco de uma fractura do que andar todos os dias alguns minutos a pé.

Uma alimentação irregular causa alterações de humor — VERDADEIRO

O facto de passarmos longos períodos sem comer pode levar o cérebro a compensar a redução dos níveis de glucose no sangue. Esta compensação é feita através da utilização de substâncias resultantes da combustão de gorduras, que se transformam em combustível para o cérebro (ou seja, o corpo vai buscar gorduras acumuladas e transforma-as em energia). Este processo pode, em certos casos, provocar uma sensação de "exaltação" – daí o jejum ser tantas vezes associado à meditação, já que o facto de não comermos causa um certo "despertar".

Por outro lado, existem muitas pessoas que ao acordar se sentem irritadas e mal dispostas. Comer uma refeição rica em hidratos de carbono, logo pela manhã, pode ajudar estas pessoas.

_________________
Visitem o meu blog: http://luisaalexandramarques.blogspot.com/

Este blog promete...
http://bimby-robotdecozinha.blogspot.com/

Quanto ao forum "Bimby Portugal - Blog, Forum, Site?! Colecção de Receitas..." é um espetaculo. Vejam aqui:
http://bimby.forum-livre.com/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bimby4all.forum-livre.com
Luisa Alexandra
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 26
Localização : Fátima
Humor : Depende do sexo ;-)
Data de inscrição : 27/10/2008

MensagemAssunto: (continuação)   Ter Out 28, 2008 9:22 am

Quem toma vitaminas em comprimidos, já não precisa de se preocupar com a quantidade de fruta e legumes que ingere-Falso


As frutas e os legumes não contêm apenas as vitaminas que habitualmente vemos à venda sob a forma de comprimidos. Contêm também inúmeros elementos nutritivos e centenas de compostos vegetais, impossíveis de sintetizar de modo artificial.
Para além disso, as pesquisas em nutrição estão constantemente a identificar novas substâncias nos alimentos — as chamadas super-substâncias, como é o caso dos ácidos gordos Ómega 3 — que são benéficas para a nossa saúde, ao trabalharem em conjunto com as vitaminas e os minerais dos alimentos. Também as vitaminas e os minerais em comprimidos estão numa forma diferente e podem ser menos bem absorvidos pelo organismo do que se estivessem na forma natural dos alimentos.
Os maiores especialistas mundiais da área do cancro, analisaram os estudos que têm sido feitos sobre esta doença e concluíram que o consumo de frutas e legumes constitui ainda a medida mais segura para diminuir o risco de cancro através da alimentação.
Praticar uma alimentação equilibrada e variada que inclua legumes e frutas (frescas ou cozinhadas), é ainda o melhor caminho para cobrir as necessidades do corpo e fornecer-lhe os elementos protectores mais adequados.

Eu não tenho dúvidas: basta praticar exercício físico para perder peso e estar sempre em forma — FALSO

Em primeiro lugar convém não esquecer que a prática de exercício físico desenvolve os músculos, e que os músculos pesam muito mais do que a gordura. Logo, se o objectivo for pesar menos (o que não tem qualquer relação directa com um corpo mais saudável), a prática de exercício, pelo menos numa primeira fase, não contribuirá para esse objectivo. No entanto, se o objectivo for conseguir vestir “aquelas calças”, pode ser que o exercício ajude, uma vez que a massa muscular ocupa menos espaço do que a gordura (mais leve, mas mais volumosa), o que se traduzirá numa certa diminuição de volume...

Todas estas questões são, no entanto, questões falsas. O corpo não deve ser visto como algo exterior a nós próprios, que agredimos constantemente com dietas bruscas ou exercícios violentos, em busca de 3 quilos a menos ou perseguindo um objectivo tão absurdo como “vestir aquelas calças”.
É claro que, sentirmo-nos bem com o corpo que temos é algo fundamental, no entanto essa procura deve fazer parte de um processo mais alargado que não passa por medidas esporádicas e pouco racionais.
Uma alimentação equilibrada e adequada às nossas necessidades, assim como a prática de exercício físico ou a adopção de uma vida mais activa, são hábitos que devem fazer parte da nossa vida de uma forma natural. Só assim conseguiremos estar em forma e equilibrar a balança a longo prazo.

No Inverno engordo... depois, quando chega a Primavera, já sei que vou pagar caro pelos excessos e recorro a uma dieta. Assim, vou conseguindo manter-me em forma — FALSO

A grande maioria das pessoas (75%) que levou à prática uma dieta, experimentou aquele que se chama o efeito ioiô, ou seja, uma perda de peso, seguida de um ganho, seguida de uma nova perda e assim sucessivamente... Muitos estudos consideram estas variações constantes de peso uma das consequências mais perigosas das dietas, havendo até quem afirme que esta inconstância no peso se torna mais nociva do que a obesidade propriamente dita.

Quando uma pessoa faz dieta, fornece ao organismo muito menos calorias do que o habitual. Nessa altura, e porque foi concebido para saber reagir em períodos de “fome”, o nosso corpo altera o seu metabolismo, tornando-o mais lento. Ou seja, como existe uma crise de nutrimentos, passa a precisar de menos calorias para se manter em funcionamento.

Na altura em que a pessoa retoma a sua alimentação normal (ou tem ataques compulsivos de fome por ter estado sujeita a restrições alimentares muito fortes), recupera rapidamente o peso perdido, precisamente por o seu metabolismo basal ser agora mais reduzido e sobrarem calorias que, na fase anterior à dieta, não sobravam.
Ora, quanto mais baixo é o metabolismo basal, mais difícil será perder peso na próxima dieta de Primavera. E assim, a somar ao fracasso da dieta, haverá também todo o peso psicológico que este acarreta: os sentimentos de culpa, a desilusão...

Alguns autores consideram as chamadas "dietas da Primavera" (ou todas as outras realizadas nas mesmas condições) mais do que ineficazes, perigosas do ponto de vista da saúde pública, uma vez que podem contribuir para agravar o problema do excesso de peso na população, devido aos seus efeitos negativos ao nível físico e psicológico.

_________________
Visitem o meu blog: http://luisaalexandramarques.blogspot.com/

Este blog promete...
http://bimby-robotdecozinha.blogspot.com/

Quanto ao forum "Bimby Portugal - Blog, Forum, Site?! Colecção de Receitas..." é um espetaculo. Vejam aqui:
http://bimby.forum-livre.com/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://bimby4all.forum-livre.com
 
Factos e Mitos sobre alimentos
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dúvida sobre vitrines
» Wash sobre Brilho Fácil
» Tudo o que você sempre quis saber sobre aerógrafos - Parte III
» Falar sobre mim(filipao3)!
» Duvidas sobre motor A-380

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Bimby - Luisa Alexandra :: Regras... do Fórum :: Extras-
Ir para: